Veja como quais cuidados ter com a sensibilidade da pele, para mantê-la saudável e livre de irritações.

Vermelhidão, manchas e coceira são sinais típicos da pele sensível – que tende a ser mais fina e frágil do que as demais. Uma pele torna-se sensível quando sua barreira protetora é comprometida, tornando-a mais suscetível à ação de fatores externos que podem causar irritação ou alergias. Segundo a dermatologista Luciana Garbelini, a pele sensível é mais um estado do que uma característica isolada. “Na verdade, é um estado reativo da pele a estímulos como atrito, temperatura, produtos químicos, alimentos, etc. Geralmente notam-se alguns sinais: pele avermelhada, ardência, calor ou descamação e acontece tanto em pele seca como oleosa”, explica.

A seguir, descubra qual a melhor forma de cuidar da pele sensível e mantê-la saudável e livre de irritações:

Evite produtos e fórmulas agressivas

A rotina skincare deve sempre ser individualizada. Cada pessoa tem uma necessidade e isso varia, inclusive, com a idade. Para as peles sensíveis é necessário adequar todas as etapas da rotina com produtos de fórmulas suaves, sem parabenos, sulfato e agentes agressivos. Sempre procurando produtos com propriedades calmantes, hidratantes, com propósito refrescante e fórmulas hipoalergênicas. “Muitas vezes, a utilização de essências e alguns conservantes também pode contribuir para a irritação, por isso, é importante conversar com o dermatologista e farmacêutico para saber o que é possível utilizar”, explica Cláudia Coral, farmacêutica especialista em ativos e vice-presidente da Galena.

Matéria da Marie Claire com a cliente da Circular Comunicação, a dermatologista Luciana Garbelini.